4 lições que eu aprendi mudando DE CARREIRA

Eu migrei de uma Farmacêutica industrial para uma marketeira digital, evoluindo para Publicitária em um Banco.

Me formei em Farmácia e Bioquímica Industrial pela USP, trabalhei durante anos em chão de fábrica com produção de medicamentos e validação de Processos, comecei a migrar para Marketing digital ainda no ramo farmacêutico, e finalmente mudei de vez para publicidade quando comecei a trabalhar no mundo financeiro, em um Banco multinacional.

E algumas coisas que aprendi durante este processo que foram muito importantes para mim e talvez te ajude a refletir, caso esteja neste momento de transição.

O seu conhecimento, os aprendizados que acumulou, bem como os amigos que faz, vão te acompanhar sempre.

Valorize muito os seus aprendizados e conecte-os com a sua nova carreira, pois este pode ser exatamente o diferencial que vai te ajudar a encontrar o seu espaço. E faça bons amigos, não estou falando do network superficial que muitos defendem, pois na hora que você precisa ser indicada para uma vaga que nunca trabalhou antes e não tem experiência no ramo, só quem confia verdadeiramente no seu comprometimento e potencial vai te indicar.

Confie no seu instinto, mas converse com quem já fez este movimento antes.

Para fazer uma mudança significativa, você precisa de ousadia e coragem, muitas vezes as pessoas, especialmente as mais próximas não vão te apoiar e você terá que acreditar no seu instinto e seguir em frente sem se abalar com as críticas (que vão vir disfarçadas de preocupações, conselhos, etc). Mas, quem de fato você precisa ouvir são as pessoas que já fizeram esse movimento antes, com sucesso ou não, elas sim vão ter algo com propriedade para te ensinar.

Timing é tudo. Quanto mais demorar para tomar as decisões, mais difícil vai ficar.

O tempo passa rápido e deixar para depois uma decisão assim é muito tentador, ainda mais se a sua carreira atual vai bem obrigada. Se você está ganhando bem, seus clientes gostam de você, seu chefe é gente fina…vai dando preguiça. O problema é que mudar de carreira implica em muitas questões, inclusive o fato de não dar certo e dependendo do seu momento de vida, do seu círculo familiar, momento econômico, etc. Você pode não poder se dar ao luxo de fazer a mudança no momento que quiser. Tem que ser naquele momento de oportunidade.

Planejar, planejar e planejar, mas com a mente e coração aberto.

Você PRECISA fazer o seu plano de migração de carreira, mas com certeza as coisas não vão sair como você planejou exatamente, mas se você estiver sintonizado com o seu propósito, buscando com o coração aberto verdadeiramente se encontrar profissionalmente, as coisas vão sair melhores do que você planejou. E isso é DEMAIS!

Desejo toda a sorte e resiliência para você que está pensando em mudar de carreira!

Publicado por Patricia Yoshioka

Sou Eneacoach e Coach psicodinâmico, além de publicitária pós graduada pela FGV, dra. farmacêutica e bioquímica pela USP, taróloga, estudiosa sobre jornadas de transformação, eneagrama e recentemente apaixonada por envelhecimento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.