Projeto básico da Felicidade

As pesquisas tem avançado bastante sobre o tema, e um movimento que se percebe é a utilização da Felicidade como uma meta legítima para as definições de políticas públicas e privadas.

Fiz um post explicando um pouco sobre a métrica da FIB (Felicidade interna Bruta). Clique aqui para ler.

A ciência da felicidade também contribui para melhorar nossas estratégias individuais, por exemplo: estimam que nossa formação genética responde por cerca de apenas metade das diferenças de níveis de felicidade. Circunstâncias de vida, como nossa criação e educação, respondem por 10%. E o restante é moldado por nosso comportamento que inclui a forma de pensar e as ações.

Outra verdade desagradável é que muitas coisas que achamos que nos fazem felizes na verdade são erradas. Como aceitar um novo emprego por causa do salário, ou namorar alguém devido a beleza, se casar, enfim…vários esteriótipos de felicidade.

Então, qual o significado de tudo isso para você? Como você pode programar sua vida para ter mais felicidade?

O primeiro passo é saber o “quanto você é feliz”. Para isso você está convidado a responder o questionário a seguir.

O treinamento online Trilha MAHAS já vai abrir, enquanto isso se inscreva nas aulas GRATUITAS para ir se aquecendo no grupo exclusivo do WhatsAPP.

Publicado por Patricia Yoshioka

Sou Eneacoach e Coach psicodinâmico, além de publicitária pós graduada pela FGV, dra. farmacêutica e bioquímica pela USP, taróloga, estudiosa sobre jornadas de transformação, eneagrama e recentemente apaixonada por envelhecimento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.